Receita da Semana: Carne de Panela

14 ago

Os que visitam o blog diariamente devem ter notado que ontem não teve post. Eu ia dar dicas de presentes e o que fazer no Dia dos Pais que são gente da gente e que apreciam o bem viver, o bem beber e o bem comer. Mas passei o dia numa alergia lazarenta e a única coisa que eu consegui fazer foi espirrar eternamente. Ou seja: perdi o sábado.

Esse post também era pra sair antes da hora do almoço, mas quem acorda cedo dia de domingo merece uma surra. =p Então, como hoje é o dia dos nossos velhinhos, que tal agradar eles com uma comida MA-RA-VI-LHO-SA pra fazer eles lhe amarem mais ainda? Eu sei que é quase de noite, mas rola fazer pro jantar kkk. E seu papis vai ficar tão satisfeito com essa delícia que vai dormir orgulhoso de ter você como filho/filha. Tá achando que é exagero? Basta eu dizer que eu sou fresca pra c@$#&(* pra comer e essa foi DE LONGE a melhor carne de panela que eu já provei. :~

O MILAGRE DA VIDA.

#CARNE DE PANELA#

Ingredientes:

 – 1/2kg de fraldinha ou coxão mole cortado em cubos (eu usei 1/2kg porque sou só eu e meu namorado)

 – 1 cebola média picada

– 1 tomate grande picado

– 2 dentes de alho amassados

 – 4 batatas médias em cubos

 – coentro picado :~

 – sal, pimenta do reino, louro em pó

 – 2 cubos de caldo de carne

 – óleo de soja

 – água

Modo de Preparo:

Numa panela de pressão, coloque o óleo (cerca de meia xícara) e coloque a cebola e o alho. Deixe a cebola ficar transparente e ponha a carne. Tempere a carne com sal, pimenta e um pouco do louro em pó. Sele a carne dos dois lados, coloque o tomate e deixe o tomate murchar.

*Dica: é bom salgar a carne já na panela pra ela ficar suculenta. Se colocar os temperos antes, o sal absorve a água da carne e deixa ela seca.

Quando a carne começar a soltar ‘água’, deixe secar um pouco por 5 minutos e depois coloque meio litro de água. Jogue um cubo de caldo de carne , mexa pra dissolver o cubo e coloque a tampa. Deixe na pressão por uns 30/40 minutos. Na verdade a média de tempo é esse, porque eu não fico olhando relógio não. =p

Depois disso, desligue o fogo e deixe a pressão sair. Quando você abrir a panela vai achar que deu merda (como eu achei)mas tenha fé: aqui vem a segunda parte. Junte mais meio litro de água, as batatas e regule o sal. Mexa um pouquinho pra desgrudar o queimadinho da panela – é ele quem vai dar o CHABLAU no gosto do negócio -. Agora é só acrescentar o coentro, esperar a batata cozinhar no molho, deixar o caldo secar um pouco e ser: feliz.

Essa porção dá pra dois famintos vikings-escandinavos-pós-guerra como meu namorado/marido e eu. E também é uma das melhores comfort-food que eu já experimentei na vida. Por isso serve não só para orgulhar seu papai (e encher a pança dele) como para comer junto com a galera antes da manguaça, preparando o estômago pro que der e vier.

Acompanha arroz branco. E um vinho tinto de boa qualidade.

Meu velho já está com Papai do Céu, mas tenho certeza que ele (do jeito que gostava de comer! ) ia lamber os dedos. Que Deus o tenha. Mas os parabéns mesmo vai pra Dona Edna, a pãe mais guerreira que já conheci. E para Paulo Teles, o futuro (beeeeeeem futuro) pai do meu filho/filha. :)

Feliz Dia dos Pais! :D

Apreciando sem moderação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: